Histórico

Em 1918, o sr. Alderico de Novais Machado resolveu explorar sua propriedade denominada São João, constituindo a primeira casa do lugar, para onde se transferiu com a família. O local escolhido era constituído de terras férteis e banhado pelos riachos Barreiro e Cachoeira. Em seguida; passou o proprietário a desenvolver a agropecuária e indústria, trazendo o início do progresso para a região.

Pela sua condição econômica sólida, o sr. Alderico Machado investiu bastante em estradas e criou uma escola, abrindo nova perspectivas para o lugar. Ao lado desta medida, incentivou a vinda de novos moradores, possibilitando um melhor crescimento demográfico.

Um dos filhos do pioneiro, sr. João Machado, foi eleito Deputado Estadual, tendo a pedido do pai, iniciado uma luta séria para que São João tentasse a sua emancipação, dado o crescimento ali verificado.

Em 1961, tramitou um projeto para Criação do município, com a denominação de Novo Horizonte, o qual não passou, em razão de já existir em São Paulo um município com este topônimo, o que era proibido por lei. Reformulando o Projeto, veio a ser aprovado pela lei nº 2173, de 26 de dezembro de 1961, com a denominação de Aldeias Altas, desmembrado de Caxias.

Tendo habitado nas proximidades do local onde hoje se situa a sede em elevações ribeirinhas ao Itapecuru, tribos dos Guanarés, decidiram as lideranças que o topônimo fosse Aldeias Altas.

Gentílico: aldeias-altense

Formação Administrativa

Elevado à categoria de município com a denominação de Aldeia Altas, pela lei estadual nº 2173, de 26-12-1961, desmembrado de Caxias. Sede no atual distrito de Aldeias Altas. Constiuído do distrito sede. Não temos a data de instalação.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

 

 

Fonte:IBGE