Histórico

Primitivamente era um agregado de índios timbiras e gamelas. Com a chegada dos colonizadores, internaram-se nas montanhas e florestas abandonando suas primeiras habitações.

No século XVIII, estabelecendo-se nas aldeias abandonadas, os portugueses edificaram a Igreja Nossa Senhora da Conceição e deram à nova Povoação o nome de Aldeias Altas, em contraposição talvez, às primeiras já estabelecidas no Baixo Itapecuru. Nos primeiros documentos de que se tem notícia e que foram justamente aqueles remetidos pelos missionários jesuítas para Roma e Lisboa, a localidade é mencionada com o nome de ‘Guanaré’. Com a construção, ainda no século XVIII , da Capela de São José apareceu também, por vezes, com o nome de São José das Aldeias Altas.

Em 1811 foram-lhe conferidos títulos e prerrogativa de Vila com a denominação de Caxias das Aldeias Altas, nome reduzido para Caxias, quando de sua elevação à Cidade em 1836.

Segundo alguns, o nome Caxias foi dado ao Município, em razão da existência em Portugal de uma freguesia com idêntica denominação, costume muito comum aos lusitanos da época. Entretanto para o professor Basílio de Magalhães, a grafia correta do topônimo seria ‘Cachias’ já que, segundo ele, provém de ‘Cachia’, nome dado à esponja, flor do arbusto chamado ‘corona christi’. O poeta Gonçalves Dias, nascido em Caxias, imortalizou o local, escrevendo a bela poesia – O Morro do Alecrim – resultando daí a nova denominação dada ao morro das Tabocas.

O Município sofreu as conseqüências da Balaiada, revolta que abalou o Maranhão, no período de 1838 a 1840.

Na história da pacificação do Estado do Maranhão, teve importante papel o cabo-de-guerra Luís Alves de Lima e Silva. Foi no legendário morro do Alecrim que o grande soldado recebeu do Imperador do Brasil a comunicação de que seria agraciado com um título honorífico e de que deveria escolher a designação que desejava. O famoso militar escolheu, então, o título de Barão de Caxias, sendo depois elevado a Marquês e Duque de Caxias.

Gentílico: caxiense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Caxias das Aldeias Altos anteriormente a 1735.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Caxias das Aldeias Altas, por Alvará de 31-10-1811.

Criada a vila a 24 de janeiro de 1821, foi dividida nas freguêsias de Nossa Senhora da Conceição e São Benedito, pela Lei provincial nº 13, de 08 de maio de 1835.

Elevada à condição de cidade e sede do município com a denominação de Caxias, pela Lei Provincial nº 24, de 05-07-1836.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o Município se denomina Caxias e é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído do distrito sede.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

 

 

Fonte:IBGE