Histórico

INICIALMENTE, existia no local apenas um porto de embarque, que servia ao Município de Passagem Franca, na margem direita do rio Itapecuru. A construção de um armazém para estocagem atraiu os primeiros moradores.

Dotado de terras apropriadas para lavoura e Criação de gado, o lugar tornou-se próspera fazenda e centro produtor de algodão e cereais, vindo a ser conhecido pelo nome de Fazenda Grande, depois pelo de Consolação e, posteriormente, pelo de Picos, em razão das colinas que circundavam a povoação.

Picos passou à Cidade em 1891, e teve seu nome mudado pare Colinas em 1943.

Gentílico: colinene

Formação Administrativa

Elevado à categoria de vila com a denominação de Picos, pela lei provincial nº 879, de 04-061870. Sede na povoaçãode Picos. Constituído do distrito sede. Instalado em 1872..

Distrito criado com a denominação de Picos, pela lei provincial nº 1388, de 28-05-1886.

Elevado à categoria de cidade com a denominação de Picos, pela lei estadual nº 76, de 10-041891.

Pela lei municipal nº 10, de 10-06-1893, são criados os distritos de Almeida e Buriti Bravo e anexados ao município de Picos.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 3 distritos: Picos, Almeida e Buriti Bravo.

Pelo decreto estadual nº 75, de 22-04-1931, confirmado pelo decreto nº 539, 16-12-1933, o município de Picos adquiriu o extinto município e Passagem Franca.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município aparece constituído de 3 distritos: Picos, Buriti Bavo e Passagem Franca. Não figurando o distrito de Almeida.

Pelo decreto nº 832, de 03-06-1935, desmembra do município de Picos o distrito de Passagem Franca. Elevado à categoria de município.

Pelo decreto-lei nº 919, de 30-09-1935, desmembra do município de Picos o distrito de Buriti Bravo. Elevado à categoria de município.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município é constituído do distrito sede.

Pelo decreto-lei estadual nº 820, de 31-12-1943, o município de Picos passou a denominar-se Colinas.

Pela lei estadual nº 269, de 31-12-1948, é criado o distrito de Pucumã e anexado ao município já denominado Colinas.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 2 distritos: Colinas e Pucumã.

Pela lei estadual nº 750, de 24-09-1952, desmembra do município de Picos o distrito de Pucumã. Elevado à categoria de município com a denominação de São Domingos do Maranhão.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Alterações toponímicas municipal

Picos para Colinas alterado, pelo decreto-lei estadual nº 820, de 30-12-1943.

Fonte:IBGE