Paraibano

Jose Helio Pereira De Sousa
  • Prefeito: Jose Helio Pereira De Sousa

  • Aniversário Prefeito: 20/11

        Em 1920, chegava ao local onde hoje se situa a cidade, o paraibano Antônio Brito Lira, acompanhado de seus familiares, em busca de melhores condições de vida, já que a seca assolava seu Estado. Alí, já encontrou o Sr. José Fernandes que residia só e se dizia dono das terras e de quem, mais tarde, Antônio Brito adquiriu a gleba. O novo proprietário, então, deu início à exploração agrícola, alcançando grande sucesso na produção.

        Com a chegada de novos moradores, foi o povoado progredindo e tomando outro aspecto, com a construção de casas de telha, abertura de estabelecimento comerciais e crescimento elevado da produção agrícola, ao ponto de ter que exportar os produtos, até para outros Estados.

        Em 1931, João Brito Lira organizou uma “feira”, onde todos pudessem comercializar seus produtos, causando grande repercurssão, além dos resultados positivos auferidos pelos produtores.        Em 1937, foi construída a capela de São Sebastião, Padroeiro do lugar. Em 1945, os filhos de Antônio Brito Lira, mandaram construir um mercado, para onde foi transferida a “feira”.          Em 1952, o povoado que já se equiparava à sede, “Pastos Bons”, foi elevado à categoria de município pela lei nº 841, de 30 dezembro, com o nome de Paraibano, em homenagem a seu fundador.          A área integrante do atual município foi desmembrada de Pastos Bons.

Gentílico: paraibanense

Formação Administrativa:

          Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Paraibano, pela lei estadual nº 841, de 30-12-1952, desmembrado de Pastos Bons. Sede no atual distrito de Paraibano ex-povoado. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1953.

          Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.

          Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Outras características -

          Em julho, é realizada a Grande Vaquejada de Paraibano, uma das maiores e mais tradicionais do estado do Maranhão, atraindo um grande número de turistas de todo o estado, e também do vizinho estado do Piauí.

 

Fonte:IBGE

MUNICÍPIO DE PARAIBANO

LEI nº 841 de 30 de dezembro de 1952. Cria o Município de PARAIBANO e dá outras providências.

 

O Governador do Estado do Maranhão,
Faço saber a todos os seus habitantes que a Assembléia Legislativa decretou e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1° - É criado o Município de Paraibano, constituído pelo atual Distrito de Paraibano do Município de Pastos Bons, do qual é desmembrado, de acordo com os limites fixados na presente Lei.

Art.2º - O Município de Paraibano fica subordinado ao termo sede da Comarca de Pastos Bons.

Art.3º - É elevado a categoria de cidade e convertida em sede de Município, com a denominação de Paraibano o atual povoado de Paraibano.

Art.4º - O Município é constituído de um só Distrito.

Art.5º - São os seguintes os limites do atual Município.

LIMITES MUNICIPAIS

a) Com o Município de COLINAS:

Começa no lugar do marco fronteiro do Sitio do Meio no alinhamento reto que une a cabeceira do rio São Domingos à foz do rio Mocambo, à margem direita do rio Balseiro, segue por esse alinhamento até a foz do riacho mocambo no rio Balseiro.

b) Com o Município de PASSAGEM FRANCA:

Começa na foz do riacho Mocambo, à margem direita do rio Balseiro, segue por um alinhamento reto a ponta norte da Serra da Mata Escura.

c) Com o Município de SÃO JOÃO DOS PATOS:

Começa na ponta norte da Serra da Mata Escura, segue pela cumiada da mesma Serra em sentido Sul aproximadamente até sua ponta sul.

d) Com o Município de PASTOS BONS:

Começa na ponta sul da Serra da Mata Escura, com um alinhamento reto marcando um azimute de 88º. Até encontrar o marco da linha Norte Sul, que parte do povoado Sitio do Meio.
Encontrando o ponto de cruzamento da linha que parte do Sul da Serra da Mata Escura e com a linha NS que parte do povoado Sitio do Meio, desse marco segue em direção ao Norte onde irá encontrar o dito povoado, povoado este que é o ponto inicial dos limites com o município de Colinas.

DIVISAS INTERDISTRITAIS

O Município constitui um só Distrito.

Art.6º - Esta Lei entrará em vigor a partir de 1º de janeiro de 1953.

Art.7º - Revogam-se as disposições em contrário.

Mando, portanto, a todas as autoridades a quem o conhecimento e execução da presente Lei pertencerem que a cumpram e a façam cumprir tão inteiramente como nela se contém. O Secretário de Estado dos Negócios de Interior, Justiça e Segurança, a faça publicar, imprimir e correr.

Palácio do Governo do Estado do Maranhão, em São Luís, 30 de Dezembro de 1952, 131º da Independência e 64º da República.

EUGÊNIO BARROS
Alexandre Costa
 

 

Este texto não substitui o original publicado em imprensa oficial.


FAMEM © 2018 - Todos os direitos reservados