Buriti Bravo

Cid Pereira Da Costa
  • Prefeito: Cid Pereira Da Costa

  • Aniversário Prefeito: 16/03

        DATA de 1822 o início do povoamento, quando o Tenente Joaquim dos Santos comprou uma gleba de terra do Padre Francisco da Rocha e sues herdeiros.

        O progresso foi lento durante os vinte primeiros anos, encontrando-se apenas as casas dos primeiros habitantes.

        Terminada a rebelião dos Balaios, os irmãos João Francisco, Joaquim e Regino de Carvalho, que haviam combatido os revoltosos no território do município, decidiram ali fixar-se, passando a desenvolver lavoura e pecuária, prosperando bastante, com o aproveitamento da mão-de-obra escrava.

        Havendo na região, em estado nativo, grande quantidade de palmeiras conhecidas pelo nome de buritirana, os primeiros povoadores deram à localidade o nome de “buriti bravo”, estendido ao município.

Gentílico:  buriti-bravense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Buriti Bravo, pela lei municipal nº 10, de 1006-1893, subordinado ao município de Picos.

        Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Buriti Bravo figura no município de Picos.

        Elevado à categoria de vila com a denominação de Buriti Bravo, pelo decreto nº 75, de 22-04-1931, desmembrado de Picos.

        Pelo decreto estadual nº 226, de 28-12-1931, Buriti Bravo perde à categoria de município, sendo seu território anexado ao município de Picos com a categoria de distrito.

        Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o Buriti Bravo figura como distrito no município de Picos.

        Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Buriti Bravo, pela decreto nº 919, de 30-09-1935, desmembrado de Picos. sede no antigo distrito de Buriti Bravo. Constituído do distrito sede. Não temos a data de Instalação.

        Divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município é constituído do distrito sede.

        Pela lei estadual nº 269, de 31-12-1948, é criado o distito de Bacatuba e anexado ao município de Buriti Bravo.

        Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Buriti Bravo e Bacatuba.

        Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

 

Fonte:IBGE

MUNICÍPIO DE BURITI BRAVO


Lei n° 269 de 31 de Dezembro de 1948.

LIMITES MUNICIPAIS

1 – Com o Município de COLINAS:

Começa á margem esquerda do rio Balseiros, defronte á localidade Juçara; segue por um alinhamento reto ao lugar do marco, á margem direita do Igarapé Tomásia, á barra de seu afluente da margem esquerda; continua pelo veio do Igarapé Tomásia, á jusante, até sua foz, á margem direita do rio Itapecuru; segue pelo talvegue desse rio, á jusante, até a foz do rio Corrente, á sua margem direita.

2 – Com o Município de PARNARAMA:

Começa na foz do rio Corrente, á margem direita do rio Itapecuru; segue pelo veio do rio Corrente, á montante, até a barra do rio ou Igarapé São Domingos, á sua margem direita.

3 – Com o Município de PASSAGEM FRANCA:

Começa na foz do rio ou Igarapé São Domingos, á margem direita do rio Corrente, segue pelo talvegue do rio Corrente, á montante até a barra do riacho Inhumas; continua pelo curso desse riacho, à montante, até o lugar do marco, à sua margem esquerda, defronte ao lugar Socorro, que é de Passagem Franca; daí pela estrada que passa por Nazaré, até um quilômetro aquém do centro dessa localidade; faz ângulo reto para a direita, e com a distância de um quilômetro atinge o lugar do marco de canto, de onde, fazendo ângulo reto para a esquerda, segue com a extensão de dois quilômetros ao lugar do marco de canto, de onde, fazendo ângulo para a esquerda, segue com a distância de um quilômetro ao lugar do marco, à beira da estrada de Nazaré; continua por essa estrada até o lugar do marco, à margem esquerda do rio Balseiros, defronte à localidade Juçara.

DIVISAS INTERDISTRITAIS

1 – Entre os distritos de BURITI BRAVO e BACATUBA (ex-povoado de Bacabal):

Começa na foz do rio Buriti Bravo, á margem direita do rio Itapecuru; segue pelo talvegue do rio Buriti Bravo, á montante, até o lugar do marco, á sua margem direita, meio quilômetro além do centro da localidade Calumbi; daí por um alinhamento reto ao lugar do marco, na linha telegráfica Caxias - Colinas, a um quilômetro a sudoeste do centro da localidade de Lago dos Bois; continua por outro alinhamento ao lugar do marco, á margem esquerda do rio Corrente, um quilômetro, á jusante, do centro da localidade Alecrim.
 

 

Este texto não substitui o original publicado em imprensa oficial.


FAMEM © 2018 - Todos os direitos reservados