Caxias – Em Caxias, existem atualmente vários projetos sociais que visam o combate ao analfabestismo. O Programa de Educação de Jovens e Adultos (Peja), que possui recursos do Governo Federal para a sua manutenção, propõe educação continuada para os adultos, que não tiveram acesso aos estudos durante a infância.

Aqueles que saem das turmas de alfabetização são encaminhados para freqüentar as aulas do ensino fundamental, que funciona de 1ª a 8ª série. São cerca de 200 professores envolvidos somente na educação dessas pessoas. A meta do PEJA é proporcionar a conclusão do ensino fundamental para 3.857 jovens e adultos, com idade mínima de 15anos.

Segundo dados estatísticos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em todo o Brasil são mais de 65 milhões os jovens e adultos que não concluíram o ensino básico. Desses, 30 milhões não freqüentaram nem os quatro primeiros anos escolares – são os chamados analfabetos funcionais.

Cerca de 16 milhões de jovens e adultos não sabem ler nem escrever um bilhete simples. O país tem apenas 19 municípios – dos mais de 5.500 – com média de escolarização acima de oito anos. O Censo Escolar de 2003, do Ministério da Educação, aponta o crescimento de 12,2% nas matrículas de jovens e adultos na rede oficial.

São mais de 4,2 milhões de pessoas que voltaram a estudar, sem contar outras 730 mil atendidas por movimentos populares, empresas, sindicatos ou organizações não-governamentais.