Notícia do Maranhão

344 Visualizações

Publicada em 15/03/2021 14:52:37

Secretaria Municipal de Saúde de Caxias reúne diretores de hospitais e Comitê de Prevenção e Enfrentamento à covid-19


O Secretário Municipal de Saúde de Caxias Carlos Alberto e a Secretária Adjunta Mayara Silva, reuniram com coordenadores e diretores da Maternidade Carmosina Coutinho, Complexo Hospitalar Gentil Filho, Hospital Infantil Dr. João Viana, SAMU, UPA, Comitê de Prevenção e Enfrentamento à Covid-19, Coordenação da Atenção Primária e médicos das unidades hospitalares da linha de frente ao combate à covid-19.

Na pauta o aumento dos casos da doença em Caxias, lotação dos leitos de UTI, além de alinhamento sobre o fluxo de atendimento nas unidades hospitalares.

Caxias já ultrapassa 7.300 casos da covid-19, nos últimos dias os leitos de UTI têm chegado ao limite de sua capacidade de atendimento. Por este motivo, a solicitação também vai para que a população possa contribuir com as medidas restritivas.

Mônica Gomes, coordenadora de Planejamento da Secretaria Municipal de Saúde, destacou a preocupação dos agentes públicos diante do cenário atual de Caxias e região. O gestor municipal, Fábio Gentil e o secretário de saúde Dr. Carlos Alberto reuniram-se e deliberaram sobre as novas demandas, sendo que uma delas, é a nivelação de fluxo junto à rede hospitalar para que se possam dividir responsabilidades.

Os gestores suplicam para que a população faça a sua parte, pois a saúde de Caxias atingiu 100% de leitos de UTI Covid-19, e agora cabe a cada pessoa fazer prevenção para não adoecer.

“O nosso maior medo é um colapso no sistema, e a população é a protagonista. A saúde mundial está colapsada. Então, apelamos à população, pois o número de casos é crescente, nós não temos mais leitos de UTI. E, em 15 dias teremos mais leitos funcionando, porém, ainda não será suficiente para a população, e a consciência é nossa. Precisamos fazer nosso papel diante desse cenário”, completou a coordenadora.

“É uma preocupação para todos nós, a questão da covid-19. A atenção primaria tem papel fundamental, agora mais do que nunca de acolher toda a população, no sentido de cuidar dos pacientes com sintomas mais leves, e monitorar os que estão em casa acometidos pela doença. Todos nós, não só os gestores, mas nós todos, precisamos manter as medidas de controle”, destacou Rubenilson Luna, coordenador da Atenção Primária e Vigilância em Saúde.

“Resolvemos nos reunir para acertar com toda a nossa estrutura de atendimento, da Atenção Básica à Atenção Especializada, todos os ajustes para um melhor atendimento em meio à segunda onda da pandemia. É uma situação muito séria vivida pelo mundo, então, estamos conjugando esforços para dar a melhor resposta à população sobre nossa responsabilidade. É preciso a grande colaboração da população. A variante é uma realidade que esta causando efeitos muito mais fortes com mais poder de transmissão. E, a partir de agora estaremos nos comunicando de forma mais intensa e permanente com a sociedade, para que entendam e possam estar também contribuindo de forma definitiva para a contenção do vírus”, diz Carlos Alberto, secretário municipal de saúde de Caxias (MA).

Na reunião, os profissionais frisaram que o apoio da população é decisivo. Os caxienses jovens, adultos e idosos, ou seja, todos precisam colaborar, fazendo da prevenção uma prioridade em suas vidas.

Prefeitura Municipal de Caxias

 

344 Visualizações

Publicada em 15/03/2021 14:52:37

FAMEM © 2018 - Todos os direitos reservados