Notícia da Famem

744 Visualizações

Publicada em 03/07/2018 10:34:03

Avaliação da educação básica passará por reformulação e incluirá creches e pré-escolas a partir de 2019


A partir do ano que vem, os professores, dirigentes e equipe escolar da educação infantil serão avaliados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Nesta avaliação, os profissionais responderão questionários para averiguar questões como infraestrutura do local e formação dos docentes.

O anúncio foi feito nesta quinta-feira, 28 de junho, pelo Ministro da Educação, Rossieli Soares. As escolas serão avaliadas quanto à oferta de condições para o desenvolvimento das crianças. Segundo o Inep, o Brasil conta com cerca de 32% das crianças de até 3 anos matriculadas em creches e 91,5% das crianças de 4 e 5 anos matriculadas em pré-escolas. A intenção é que os pais e responsáveis das crianças também façam parte da avaliação a partir de 2021.

Estão previstas outras mudanças no sistema de avaliação da educação básica. Avaliações como: Prova Brasil, Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA), entre outras, deixarão de ser assim denominadas e passarão a ser identificadas como etapas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). Todas serão feitas de dois em dois anos, em anos ímpares, com a divulgação dos resultados no ano seguinte. As mudanças passam a valer em 2019. Vale lembrar que os Municípios são os principais responsáveis pela oferta da educação infantil e do ensino fundamental.

A partir do ano que vem, os questionários aplicados a professores, dirigentes e diretores escolares serão eletrônicos. Com os estudantes, o Inep testará a novidade de forma piloto em algumas escolas. Os estudantes farão a prova regular e, além disso, a versão eletrônica, apenas para teste.

FONTE: Portal da CNM 

 

744 Visualizações

Publicada em 03/07/2018 10:34:03

FAMEM © 2018 - Todos os direitos reservados