Notícia de Raposa

447 Visualizações

Publicada em 24/03/2020 18:45:30

Prefeitura de Raposa fechará principal entrada da cidade a partir desta quarta-feira (25)


Um decreto da prefeita do município de Raposa, Talita Laci, determina o fechamento do principal acesso para uma das cidades que mais recebe turistas na Ilha de São Luís. O objetivo é controlar a entrada de pessoas e veículos como medida preventiva de redução do contágio de coronavírus (Covid-19).

 

A chamada “barreira sanitária” terá início nesta quarta-feira, dia 25, após o Alpha Ville, no trecho da MA 203 antes do bairro da Pirâmide, a partir das 8h por um período indeterminado de dias.

 

O Decreto nº 52, de 23 de março de 2020, que dispõe sobre novas medidas para enfrentamento e prevenção da transmissão do Coronavírus, adotadas pelo Município de Raposa, possui amparo legal na Portaria no 188, de 03 de fevereiro de 2020, o Ministério da Saúde que declarou Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional, em decorrência da Infecção Humana pelo COVID-19, o que exige esforço conjunto de todo o Sistema Único de Saúde para identificação da etiologia dessas ocorrências, bem a adoção de medidas proporcionais e restritas aos riscos.

 

O objetivo da ação que contará com apoio da Polícia Militar, Bombeiros Civis e Vigilância Sanitária é restringir a circulação e o ingresso, no território do Município, de veículos de transporte coletivo interestadual, público e privado, de passageiros, bem como carros e pessoas não residentes ou que trabalhem no município, dessa forma limitar o fluxo de pessoas e de veículos no âmbito da cidade.

A prefeitura também está solicitando que turistas e moradores não frequentem a faixa de areia da praia durante a crise do coronavírus. A medida é tomada para evitar aglomeração de pessoas. 

 

“A ideia é orientar as pessoas e impedir entrada de cidadãos que vêm de outros estados sem os devidos cuidados dos órgãos de saúde pública”, ressaltou a secretária de Saúde de Raposa, Tatiana Santana.

 

A secretária esclarece que a circulação de veículos que prestam serviços essenciais não serão afetados, a exemplo de caminhões com alimentos, ambulâncias, carros com pacientes em tratamentos e afins.

 

– CASOS

 

Até o momento, o Maranhão registrou 480 casos de possível infecção por COVID-19. Oito desses foram confirmados pela Secretaria de Estado da Saúde. Seis novos casos divulgados nesta segunda-feira (23), somados a outros dois novos casos positivos: um homem de 43 anos, contato com caso suspeito; e, um homem de 57 anos, com histórico de viagem para São Paulo e Salvador, estão monitorados e em isolamento domiciliar.

 

– OUTRAS MEDIDAS EM RAPOSA

 

Em Raposa, desde a semana passada praias foram fechadas, atividades e reuniões que possibilitam grandes aglomerações bem como o fechamento de bares, restaurantes, lojas e congêneres. A prefeita Talita Laci também suspendeu os passeios náuticos e de jet skis no âmbito do município pelo período de 15 dias, que podem ser prorrogados.

 

447 Visualizações

Publicada em 24/03/2020 18:45:30

FAMEM © 2018 - Todos os direitos reservados